Correios | Empresa não consegue entrar em acordo com os trabalhadores

Publicidade

Como os trabalhadores e a empresa dos Correios não chegaram em um acordo e a greve ainda está de pé, por isso o TST irá julgar a greve e decidir o futuro da empresa. Já houveram reuniões na quarta e na quinta-feira, segundo o TST, porém até agora não foi decidido um acordo.

O vice-presidente da TST apresentou uma proposta com a renovação de 79 cláusulas vigentes no acordo coletivo, porém não teria reajustes nas cláusulas econômicas. E os empregados do Correios chegou a aceitar a proposta, mas a administração só aceitaria a mudança de nove cláusulas.

Publicidade

A greve dos Correios começou no dia 17 de agosto e não tem data determinada para chegar ao fim. Os trabalhadores estão de greve devido as negligências nas condições de trabalho durante a pandemia e pede para que os direitos trabalhistas dos empregados sejam garantidos. O acordo coletivo foi revogado sem que os trabalhadores soubessem.

Publicidade

O que você acha sobre a greve dos Correios? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicidade
HomeDestaquesCorreios | Empresa não consegue entrar em acordo com os trabalhadores

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Mais Lidas