no

MP denuncia Sari Corte Real por abandono de incapaz no caso Miguel

O Ministério Público de Pernambuco denunciou a ex-patroa da mãe de Miguel. Saiba mais:

A um mês atrás, o caso de Miguel chocou o Brasil, a ex-patroa de sua mãe, Sari Corte, o colocou sozinho no elevador e o menino acabou caindo de uma altura de 9 andares. O garoto faleceu e a mulher foi presa e saiu com uma fiança de R$ 20 mil.

O Ministério Público de Pernambuco a denunciou por abandono de incapaz e sua pena foi agravada por ter deixado sido contra criança em meio à conjuntura de calamidade pública. No dia que Miguel caiu, sua mãe havia saído para passear com os cachorros da patroa e deixou o menino sob a supervisão de Sari Corte.

O julgamento da mulher irá seguir em frente e seu futuro será ainda decidido. O caso provocou manifestações e indignação por todo o Brasil. A mulher é primeira-dama da cidade de Tamandaré, no interior de Pernambuco e deu uma entrevista pro Fantástico, explicando seu lado da história, mas não foi acolhida pelo público.

O que você acha sobre o caso Miguel? Deixe sua opinião nos comentários.


O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Times da Argentina querem que Libertadores seja adiada

Série com a ex-RBD Maite Perroni, ‘Desejo Sombrio’, chegou hoje ao catálogo da Netflix!