no

R$ 42 bilhões foram pagos a indivíduos que não tinham direito ao auxílio emergencial

Em contrapartida, 3.3 milhões de brasileiros que atendem aos requisitos para receber a quantia, não foram beneficiados

De acordo com descoberta de uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), até o momento, já foram gastos R$ 42,1 bilhões em pagamentos indevidos do auxílio emergencial. Em contrapartida, 3.3 milhões de brasileiros que atendem aos requisitos para receber a quantia, não estão entre os contemplados.

“Essa talvez seja a parte mais cruel do resultado que este tribunal expõe à sociedade brasileira, os milhões de brasileiros em situação de carência e com direito ao auxílio emergencial estão sendo indevidamente excluídos do recebimento desse benefício”, declarou o ministro Bruno Dantas.

680 mil servidores públicos e 73,2 mil militares com estabilidade no emprego já receberam pagamentos indevidos no início do programa. No entanto, nem todos devolveram o dinheiro para ressarcir os cofres públicos. “Não há hipótese legal, nem pela mais forçosa interpretação da lei, para um militar ativo, inativo ou pensionista ser titular do auxílio emergencial“, declarou Bruno Dantas, quando esses casos foram descobertos.

 

O que achou? Deixe seu comentário!


Leia mais  Dólar fica abaixo de 5 reais pela 1ª vez desde março. Saiba mais:

O que você acha?

Written by Nathalia da Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PSG vai disputar com City para conseguir o Messi após saída do Barcelona

Jogos no RS e no PR movimentam Liga Nacional de Futsal nesta quinta