no

Cannes | Filme brasileiro sobre racismo é escolhido pelo Festival

O Festival de Cannes escolheu o filme ‘Casa de Antiguidades’ para utilizar o selo oficial

Devido ao Coronavírus, o Festival de Cannes teve que ser adiado, porém eles fizeram uma lista com 56 filmes que poderão usar o selo da Seleção Oficial do Cannes. O filme Casa de Antiguidades foi o único filme nacional escolhido pela organização do festival.

Casa de Antiguidades foi dirigido por João Paulo Miranda e conta a história de Cristovam, interpretado por Antônio Pitangas. Nesse longa, Cristovam que é um operário negro que trabalha no sul do Brasil irá lutar contra o racismo do sistema e o conservadorismo que está impregnado na cidade.

Filme brasileiro 'Casa de Antiguidades' é selecionado pelo ...

O filme também mostra outros aspectos da realidade brasileiro, como a eleição em 2018, do até então candidato, Jair Bolsonaro, que dividiu os cidadãos brasileiros nas questões políticas. Ao enfrentar a realidade da cidade em que vive, Cristovam relembra seu passado para tentar suportar e entender o que acontece no seu presente.

A lista está composta por grandes filmes, além de Casa de Antiguidades, também conta com The French Dispatch, dirigido por Wes Anderson, Da 5 Bloods, de Spike Lee, entre outros. O Festival de Cannes não acontecerá mais fisicamente, por conta da pandemia e ainda não foi decidido como será executado o festival.

O que você achou da seleção do filme brasileiro Casa de Antiguidades na lista do Festival de Cannes? Deixe sua opinião nos comentários.

Leia mais  Os Sopranos | Pré-sequência teve a estreia adiada

O que você acha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Valorant | Jogo foi lançado oficialmente no Brasil

Coronavírus | Bolsonaro vetou o uso de R$8,6 bilhões para combater pandemia